terça-feira, 6 de outubro de 2009

Até o fim.

Eu não quero me partir em pedaços, não quero falar sobre isso,
não quero uma conversa, só quero chorar na tua frente, te provar o quão real é minha dor, minha saudade, não é por capricho, não é por uma desilusão, é por estar apaixonada por ti.

Olho para trás e só vejo a ti.
Olho para frente e só vejo a ti.
Olho para o agora e só vejo a ti.

Rezo para que passemos dessa fase, quero chegar naquela parte a qual somos felizes.
Por favor, só não quero falar disso agora. Já estou corroída o bastante por dentro.Mas asseguro-te que não pararei por aí, tenho muito para dar, tenho força, acredito no destino, acredito no nosso felizes para sempre, eu ainda não sei bem o que isso significa, mas sei que se for contigo vale à pena.

Só espero que eu não parta em pedaços antes de o fim chegar. 
 
Desejo esta felicidade tão intensamente,
desejo-te tão intensamente, que as lágrimas me dão força,
a saudade me faz seguir adiante, pensar no futuro feliz que podemos construir me dá fôlego. Pode parecer estranho, mas sabe, para mim tudo faz muito sentido.
Tu me deste um novo sentido, faz sentido eu retribuir.
Faz sentido querer continuar, faz sentido desejar, faz sentido querer, faz sentido sofrer, faz sentido chorar, faz sentido amar, faz sentido quando é por ti.
Só espero não partir em pedaços antes de o fim chegar. 
Tu és especial demais, amor.
Não há comparações, não há nada que chegue perto do bem que tu me fazes.
Ah como é bom estar contigo, te fazer carinho, te mimar, cuidar de ti, brincar contigo, correr de mãos dadas, mexer no teu cabelo, olhar teu rosto, beijar teus lábios, sussurrar o quanto te amo, te abraçar, te sentir, te amar.
Só espero que eu não parta em pedaços antes de o fim chegar. 
Mas mesmo que ele chegue, continuarei, ah e como continuarei,
até eu não mais existir, até não ter mais condições de acordar e dizer que por ti lutarei.
Até o dia que eu não mais existir, até o dia que eu não acordarei.

Te amo, além do céu, além do mar, além do amor, além do amar. ♥

Um comentário:

  1. Parabéns pelo texto Lê.
    Muito bonito mesmo ^^
    escreves muito bem!

    ResponderExcluir